quarta-feira, 14 de março de 2012

Cama compartilhada X adaptação ao berço


Olá queridas!
Por aqui as coisas estão um pouco mais tranquila, tem dias que o Cauã tá um amor, tem outros que ele está enjoadinho, ainda não conseguimos criar uma rotina, mas aos poucos as coisas vão entrando nos eixos.
Hoje resolvi falar novamente sobre a cama compartilhada. Sou pedagoga e sei muito bem que não faz bem nem para o bebê e nem para o casal. Mas nunca disse que aqui em casa o Cauã não iria dormir na nossa cama pra depois não pagar com a língua. Assim que chegamos do hospital ele foi dormir no nosso quarto, mas no carrinho, durante a noite o marido levantava e pegava ele para mim amamentá-lo quando acordava, ele mamava, dormia e voltava pro carrinho. Eu estava exausta nos primeiros dias e minha mãe sugeriu que eu amamentasse deitada na cama com ele, porque assim eu descansava mais... durante a mamada eu e ele acabávamos pegando no sono e ele acordava pouquíssimas vezes, mamava e já dormia...meu trabalho era só o de tirar o seio.
Depois de alguns dias ele não queria dormir longe de nós e muito menos ficar no berço... Pensei muito sobre isso, li muita coisa e decidi dar um basta nessa situação. A adaptação está sendo bem cansativa, ele acorda mais vezes durante a noite, mas eu sei que vai valer a pena. Faz mais ou menos uma semana que estou colocando ele no berço... durmo em um colchão, ainda não tenho coragem de deixá-lo sozinho porque meu quarto é longe do dele, além disso mãe de primeira viagem é super insegura né?
Confesso que fico morrendo de dó as vezes, mas é para o bem dele e quanto mais tempo eu deixar ele dormir conosco mas difícil vai ser depois.
Vocês já passaram ou estão passando por isso??? Me ajudem!!!

9 comentários:

  1. Oi Fran...eu comprei um berço camping, fiz até uma postagem sobre isso, pois não tenho coragem de deixar ela sozinha em seu quartinho...acho que seria uma boa solução pra vc se pudesse comprar um...não deixa ele sozinho lá não...tenho medo de golfos, engasgar...a sei lá eu tenho medo....
    então Maitê ta pertinho de mim, qualquer barulhinho eu acordoo...bjossss

    ResponderExcluir
  2. Nossa enquanto vc postava no meu eu postava no seu rs
    olha ele foi baratinho...paguei 199, comprei pela net.... to adorando...é mt práticooo... Maitê ta bem pertinho de mim!!! bjo

    ResponderExcluir
  3. Olá!! É melhor mesmo querida adapta-lo ao berço, mas quem sofre é a gente né... eu que o diga. Educava, ficava doente, cama compartilhada de novo, e tudo de novo. Mas vale a pena... Cris

    ResponderExcluir
  4. Amiga, eu também não posso falar nada sobre isso porque não tive essa experiência ainda. Não sei se o deixarei dormir na mesma cama, mas talvez no mesmo quarto... E uma amiga me disse que é melhor assim. A filha dela dorme no berço no quarto dela e esses dias passou mal à noite, e se estivesse longe ela não ouviria e sabe-se lá o que podia ter acontecido =/ Fiquei pensativa sobre isso...

    Mas aos poucos ele se acostuma sim querida! Conforme for crescendo vai se adaptando :)

    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. aI AMIGA, ESTOU ORGULHOSA DE VC!! rsrsrs
    eu sei que não é uma atitude fácil, já que a gente é julgada de malvada e tal e ainda tem tantos medos que cercam as mães de primeira viagem. Mas temos que ter em mente que é o melhor. Compre uma babá eletrônica para que , quando tiver mais segura e for dormir em seu quarto , vc possa ouvi-lo, já que o quartinho dele é longe do seu.
    O quarto do Samuca é muuuito pertinho do meu, então se ele geme eu ouço, tenho certeza que por esse motivo foi muito fácil colocá-lo no seu cantinho. SEi que nem todos tem essa facilidade da distância dos quartos, mas camas auxiliares e babás eletrônicas são recursos maravilhosos nesses casos!!!
    Espero que tenha êxito na adaptação!! bju

    ResponderExcluir
  6. Fran tb compre o berço de Camping, ele é prático e baratinho. O quarto dela está montado mas só vai pra lá quando acordar menos durante a madrugada. Esse bercinho fica no meu quarto ao meu lado, quando ela acorda dou o leitinho e volta a dormir. Não quero ela dormindo na minha cama naum. Acho que não faz bem para a vida sexual do casal, que após a gestação já fica um pouco difícil. Não acostuma não flor, tira isso aos poucos. Todos temos que ter INDIVIDUALIDADE, até os bebês. Cheiro

    ResponderExcluir
  7. Fran....Murilo dorme no carrinho até hj..rsrsr...ainda não tive coragem de deixá-lo no berço dele....daí resolvi fazer igual a Caty...comprei um berço camping...chegou hj....depois dessa noite vou fazer um post pra contar se foi bom...rsrsrs....Bjão e sorte aí

    ResponderExcluir
  8. Oi Fran, como está lindo o seu Cauã hein, parabéns.
    Quanto ao post, aqui em casa foi o seguinte, com as minhas duas filhas, até os 30 dias de vida dormiram no carrinho no meu quarto, depois disse foram paras seus quartinhos, pro berço. Aderi a babá eletronica e deu súper certo, ao som de qq ruido estou eu lá de pé frente ao berço, ela capta qq ruido, até mesmo um suspirar. Minha filha mais velha não suporta a idéia de dormir fora da caminha dela rsrs e espero q com a Rafa não seja diferente.

    Bjsss e espero ter ajudado.

    ResponderExcluir